Ninguém pode dar o que não tem


O que é o amor?

Afinal de contas o que é o amor?
Os poetas parece conhecerem o amor.
Pelo menos falam muito dele.
É verdade que não explicam muita coisa, mas que é bonito é.

Assim, o tal amor é ferida que arde sem se ver (Camões),

é lobo correndo em círculos para alimentar a matilha (Djavan),

é aquele que se reparte em beijos,leite e pão (Neruda),

é um esteio da criação (Walt Whitman).

O amor tem muitas traduções e muitas interpretações.
Eu não sei o que é o amor.
Mas, certamente ele vem de um sentimento de paz e de integração com tudo o que nos rodeia. Acho também que, para amar o tal do outro é preciso que nos amemos a nós primeiro,
pois ninguém pode dar o que não tem.

"O sábio deve viver como pode, se não pode viver como quer."

Namastê
adicione ao messenger: netideia@hotmail.com e fale connosco.


*********************************************


Escolha uma resposta no Teste ao conhecimento no menu lateral: O que é a tela etérica?
No final pode consultar os resultados, a resposta correcta e ficar a saber da utilidade da tela etérica na nossa saúde.

2 comentários:

Anónimo disse...

PODEMOS E DEVEMOS AMAR O PRÒXIMO E JULGO QUE NECESSÁRIAMENTE NÃO TEMOS QUE NOS AMAR PRIMEIRO.

EM FORMA DE PENSAMENTO DEIXO ESTA FRASE...

NO FINAL DO CAMINHO APENAS ME PERGUNTARÃO:
-AMASTE?
E EU NÃO DIREI NADA;
ABRIREI AS MINHAS MÃOS VAZIAS E O CORAÇÃO CHEIO DE NOMES.

Rui S.

JC disse...

Olá RuiS.
Claro que pode não se amar a si mesmo, por isso mesmo jamais amará alguém pois não sabe o que é o Amor. Se não se ama a si, não tem em si para dar.

Como diz o texto que deixou:
"abrirei as mãos vazias e o coração cheio de nomes".
as maõs vazias simbolizam a matéria, nada material se leva.
O coração cheio de nomes, porque o amaram... ou amou, se antes se amou a si mesmo, Ele no texto diz que não se amou?
Pense no que quer levar em seu coração quando chegar a sua hora.

Muita Luz

Ocorreu um erro neste dispositivo