Capacidade de Trabalho dos espíritos

Capacidade de trabalho dos espíritos

Todo o espírito, dentro do seu grau de evolução, tem uma determinada capacidade de trabalho. Porém, na sua área de acção quase sempre precisa de uma autorização do Astral Superior e merecimento para lhe ser permitido a realização de trabalho e obter ajuda.

Os espíritos de pouca evolução que não têm poder pedem ajuda a outros mais evoluídos e, quando tém merecimento são ajudados.

Um Mestre pode:
- Penetrar nas frequências mentais,idênticas á sua ou mesmo superiores.
- Transmutar a matéria animada e inanimada.
- Levitar toneladas.
- Transpor sem deixar vertígios, qualquer matéria.
- Volatizar qualquer líquido.
- Deslocar grandes massas.
- Comandaros elementais para alterar a coesão da terra, o fluxo das águas, combustões espontâneas e correntes de ar.
- os mestres podem locomover-se com muita facilidade no sentido vertical, e com mais facilidade ainda no sentido horizontal.
- Imunizar qualquer corpo físico contra qualquer dano.

Um espírito trabalhador consciente pode:
- locomover-se com facilidade no sentido horizontal.
- levitar toneladas.
- volatizar qualquer liquido.
- deslocar grandes massas.
- materializar, mas não o faz.

Um espirito trabalhador inconsciente pode:
- locomover-se no sentido horizontal, de forma lenta.
- captar sons, mas não pensamentos.
- materializar.

Um espírito de vibração vampiresca pode:
- passar por portas e paredes.
- manter o médium de pé.
- captar os pensamentos.

Um espírito sofredor NÃO pode:
- sair do lugar em que está incorporado.
- ver o mundo fisico e espiritual.
- manter o médium de pé.
- desincorporar.

Obs.: estas características não são únicas. A sua enumeração tem como finalidade dar uma noção do que é o espírito e a sua capacidade, para se poder entender melhor o assunto incorporação espiritual.
Estas classificações não significam que qualquer espírito não possa evoluir em fracções de segundos.

leia futuramento os textos sobre:
- Sintomas gerais nos quatro primeiroa tipos de incorporação.
- características da incorporação.

a pensar na comunidade

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo